Disparar o evento

Em torno do resultado da eleição presidencial norte-americana de 2016, Alain Badiou fez recentemente o seguinte comentário: “Hoje contra Trump, não podemos desejar Clinton, ou esse tipo de figura. Precisamos criar um retorno, se isso é possível, à contradição verdadeira; é a lição dessa espécie de evento terrível. Ou seja, precisamos propor uma orientação política […]