Stuprum sive bellum

Excusez-moi, mesdemoiselles, mas, na qualidade de observador desinteressado, isto é, por pura curiosidade científica, sem a menor intenção nem de assediar nem de seduzir ninguém, gostaria de pedir um à parte. Permitam-me colocar a ideia em forma de interrogação. O que é seduzir? O que é assediar? Em que ponto as coisas se separam? Não […]

Por um direito imoral: uma lição de cinismo jurídico

A moral pode ter sido necessária a uma humanidade primitiva, mas desde que o direito tornou-se escrito e racional, especialmente, na sociedade moderna, a moral tornou-se perfeitamente desnecessária, embora ainda cumpra um papel, cada vez mais difícil de se legitimar, em relação ao governo das condutas. O movimento pós-positivista, que propõe um retorno do direito […]